Resenha – Sombras Eternas

Mais um vídeo no ar!

Dessa vez, falei sobre Sombras Eternas, volume 2 da saga da Companhia Negra. Ótima fantasia.

Ah, falei também sobre a Odisseia de Literatura Fantástica, que está para começar.

Confere lá! o/

Anúncios

WebCaverna – Resident Evil

banner PG22

Vocês sabiam que eu também participo de um podcast?

O WebCaverna já está no episódio 30, mas vou relembrar um antigo, sobre um dos jogos que mais gosto: Resident Evil!

Confere a sinopse:

Prepare sua shotgun, pois hoje nossos participantes visitarão o universo da franquia Resident Evil para enfrentar zumbis, infectados por las plagas e a quase super-sayajin Alice (sim, visitamos os filmes também). Ouça Roger AnselmoRoberta SpindlerJúnior Corrêa e o convidado Renan Carvalho contarem quais seus jogos favoritos da saga, as partes que mais achavam assustadoras e ouça mais um sessão de rage direcionado à produções cinematográficas que não agradaram.

Para ouvir, basta clicar nesse link

Escute os outros episódios no site do cast: http://webcaverna.com.br

IV Odisseia de Literatura Fantástica!

Oi gente! Abril chegou!

E nesse mês, nos dias 10, 11 e 12, haverá um evento muito legal em Porto Alegre, a IV Odisseia de Literatura Fantástica.

odisseia

Participei no ano passado e foi uma experiência muito legal. É claro que esse ano vou repetir a dose. E o evento tem tudo para ser ainda melhor, com a presença de um time de autores incríveis, como Felipe Castilho, Barbara Morais, Eric Novello, Ana Cristina Rodrigues, Nikelen Witter e muitos outros!

Estarei com exemplares de A Torre Acima do Véu por lá, esperando vocês. Se é de Porto Alegre ou cidades próximas, não deixe de ir! o/

odi

Eu vi: Orphan Black

Orphan Black era aquela série que todo mundo elogiava, mas eu nunca tive tempo para ver. Só sabia que a trama girava em torno de clones e que a atriz principal arrasava na interpretação. Um mês atrás, fui colocar a prova se o show era mesmo tudo isso. A resposta? Sim, e muito mais.

A história começa com Sarah Manning presenciando o suicídio de uma mulher idêntica a ela. Logo, vai descobrir que se trata de Beth Childs, uma policial. Precisando de dinheiro, Sarah assume sua identidade, mas as coisas rapidamente saem de seu controle. Há outras mulheres com sua aparência e uma conspiração para matá-las.

Ela não é a cara da Shakira com esse cabelo?

Orphan Black é uma ficção científica intrigante e bem construída. Com diversidade e representatividade. A trama repleta de reviravoltas vai te fazer roer as unhas e devorar cada episódio. Praticamente todas as personagens são interessantes. Felix, irmão adotivo de Sarah, e Siobhan, são os meus preferidos do elenco secundário. No entanto, é claro que Tatiana Maslany rouba a cena. A atriz consegue dar a cada clone uma característica única. Sarah, Cosima, Helena, Rachel e Alison são pessoas diferentes com trejeitos próprios e particularidades. Realmente, sua atuação impressiona.

As duas temporadas são igualmente boas. A história fica mais intrigante no decorrer dos episódios e muitas vezes foi difícil prever os rumos da trama. Confesso que Helena e Alison são minhas clones favoritas ahah, cada uma no seu jeito. Os efeitos especiais são satisfatórios e muito eficientes quando Tatiana precisa interpretar consigo mesma. Uma determinada cena, onde as clones fazem uma pequena festinha, foi muito bem feita. Dá até para acreditar que há mais de uma Tatiana por aí…

Se você gosta de uma boa ficção científica, com trama inteligente e conteúdo adulto sem firulas, não deixe de assistir Orphan Black. Tenho certeza de que você vai entrar para o Clone Club sem se arrepender. =)

Melhores Leituras de 2014

Oi povo! 2014 está na reta final e chegou a hora de escolher as melhores leituras desse ano. Decidi por fazer um top 5, para o post não ficar muito longo. Os livros escolhidos não seguem uma ordem numérica, ok? Todos são ótimos. Vamos lá?

Norwegian Wood – Haruki Murakami

Ano passado, Kafka à beira-mar entrou nos meus favoritos de 2013. Claro que esse ano o Murakami tinha que voltar. O homem é gênio, gente! Norwegian é um livro sensível e denso, que fala sobre as angústias juventude e a perda de entes queridos. Recomendo muito!

Anardeus – Walter Tierno

Li Anardeus no início desse ano, mas ele teve que entrar para os favoritos de 2014. O Walter escreve muito bem e a leitura deste livro é como um soco no estômago. Não dá para ficar indiferente. Vocês precisam conhecer.

Deixe ela entrar – John Ajvide Lindqvist

Uma história de vampiros um tanto fora dos padrões. O livro que baseou o filme sueco Let the rigth one in. Eli é uma personagem extremamente interessante, vale a pena conhecer.

Flores Mortais – Giulia Moon

Adoro a série Kaori, então tive que comprar Flores Mortais. Vários contos sobre vampiras, todos muito bem escritos. O destaque, para mim, foi a história da vampira Maya e seu mordomo. Adorei! Esse livro é uma ótima porta de entrada para você conhecer o trabalho da Giulia.

Tempo do Desprezo – Andrzej Sapkowski

Amo os livros desse homem. A Saga do Bruxo Geralt de Rívia é uma das melhores séries de fantasia que já li. Personagens únicos e cativantes (Ciri e Yennefer moram no meu coração), diálogos inteligentes e um humor sem igual. Leia sem pensar duas vezes!

Menção honrosa:

Exorcismos, Amores e uma dose de Blues – Eric Novello

Ainda não terminei a leitura, mas estou adorando. O Eric criou um universo incrível que cativa logo nas primeiras páginas. Entremundos, Libertá, seus magos e seres fantásticos, fantasia urbana da melhor qualidade.

Série Gone (Medo e Luz) – Michael Grant

Fazia tempo que eu não lia uma série que me deixasse de cabelo em pé, que me fizesse virar a noite. Os últimos livros de Gone me deixaram assim. Tanto que não aguentei esperar por Luz em português. O final foi incrível e altamente convincente com toda a história criada por Grant.

Também fiz o top 5 em vídeo! Já conhecem meu canal?

E aí, quais foram as melhores leituras de vocês?

Até a próxima!

CCXP: Eu fui!

A Comic Con Experience prometia ser o grande evento nerd do ano. Depois de 4 dias de muitas atrações, quase 80 mil participantes e estandes atrativos, posso dizer que a promessa foi cumprida.

2014-12-08 00.28.08

Para o primeiro ano do evento, creio que o resultado foi muito positivo. O Centro de Exposições Imigrantes virou o verdadeiro paraíso nerd. No primeiro dia, eu nem sabia para onde ir de tanta coisa legal que havia por lá. O Artists’ Alley foi uma grande sacada por promover a interação do público com quadrinhistas famosos e aqueles que ainda estão no começo de carreira. Não posso falar muito das atrações dos auditórios, pois não consegui ir em nenhuma, mas os amigos que participaram garantiram que teve muita coisa legal. No ano que vem quero pelo menos tentar ir em um painel. =p

2014-12-07 00.38.45

esc

A Giz Editorial estava presente no evento, no Store Alley. Passei ótimos momentos ao lado do Walter Tierno, da Giulia Moon e do Felipe Castilho. Mas a minha felicidade foi completa graças aos leitores que me visitaram por lá. A cada um de vocês, obrigada pelo apoio e por acreditarem no meu trabalho. Espero que se divirtam com a leitura de A Torre Acima do Véu! =)

2014-12-06 01.06.49

Passei meu aniversário na CCXP, ao lado de amigos e leitores, creio que para uma nerd como eu não havia local melhor. Foram dias inesquecíveis, que já quero repetir em 2015.

Ps: Ah, e aguardem o vídeo do canal sobre minhas comprinhas lá na CCXP. Tem muita coisa bacana, incluindo uma mini Tardis! *__*