Eu vi: Capitão Améria 2

Confesso que minhas expectativas para esse filme não estavam muito altas. Depois de ver Thor 2 e Homem de Ferro 3, os quais achei fraquíssimos, pensei que a Marvel só iria optar por filmes focados em piadas em sequência e um roteiro embolado. Que bom que me enganei. Capitão América 2 – O Soldado Invernal é sem dúvidas o melhor filme feito pelo estúdio, melhor até que Os Vingadores, em minha singela opinião.

A trama se foca muito mais na conspiração dentro da SHIELD do que nas aventuras heroicas de Steve Rogers e isso foi um grande acerto dos roteiristas. O filme é um thriller de ação com boas reviravoltas (mesmo que previsíveis para quem conhece um pouco das histórias em quadrinhos) e personagens bem trabalhados. Pela primeira vez, Scarlett Johansson teve a chance de dar uma profundidade a sua Viúva Negra. Isso me fez querer ainda mais um filme solo da espiã. Anthony Mackie como Falcon foi uma ótima adição ao elenco e Sebastian Stan rouba a cena como o Soldado Invernal. As cenas de ação protagonizadas por este último e Chris Evans, principalmente aquela luta com a faca, foram muito bem executadas.

Os efeitos especiais e a trilha sonora não se destacam, mas também não comprometem a película. Estão naquele padrão Marvel genérico,suficientemente bons para agradar os espectadores. Agora o uniforme do Capitão merece elogios, melhorou muito em comparação com aquele apresentado em Os Vingadores. Também elogio o traje do Soldado Invernal, aquele braço mecânico ficou fantástico.

No fim, Capitão América 2 cumpre bem seu papel na fase 2 da Marvel no cinema. Finalmente, fugindo daquele rótulo de diversão estilo sessão da tarde. Se os filmes da fase 3 do estúdio seguirem a mesma linha deste solo com Steve Rogers, mal posso esperar para assisti-los!

Anúncios

2 comentários sobre “Eu vi: Capitão Améria 2

  1. Inacreditavelmente, é melhor que Thor 2 e Ironman 3. E o mais importante, nem precisa ver em 3D. Sobre a cena da faca, confesso que na minha cabeça eu ouvi a voz do Azaghal falando: Gaveta, coloca o Peter Coyote! Ri que nem condenado…

  2. Esse filme provou que um bom um filme de super-heróis não precisa ter piadinhas a cada cinco minutos, mas caprichar em um roteiro instigante e cenas de ação bem trabalhadas, como a do elevador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s