Eu vi: O Hobbit – A desolação de Smaug

É muito bom visitar a Terra Média, isso ninguém pode negar. No entanto, depois de um primeiro filme com falhas de ritmo e roteiro, a espera para este segundo capítulo da trilogia se tornou mais temerosa.

Felizmente, A desolação de Smaug consegue corrigir o excesso de Uma Jornada Inesperada. A ação é o foco da película, mantendo o telespectador interessado enquanto Bilbo e seus companheiros passam pelas mais diversas aventuras. O roteiro também parece mais fechado, contando com menos cenas descartáveis se formos comparar com o primeiro filme. No entanto, mesmo que seja mais enxuto, essa continuação ainda peca por querer forçar uma história mais longa de um material que, definitivamente, não pretendia se alongar tanto.

Tecnicamente, O Hobbit continua primoroso. Efeitos especiais belíssimos que dão à Terra Média aquele ar fantástico que tanto encanta. Smaug, o magnífico, honra seu nome e é um dos pontos altos do filme. A cena em que surge debaixo de uma montanha de moedas de ouro impressiona pelos detalhes e beleza. Confesso que não iria reclamar se Peter Jackson resolvesse adicionar mais meia hora de filme somente com este dragão incrível voando e cuspindo fogo. 😉

O elenco principal continua forte. Martin Freeman faz um Bilbo convincente e simpático. Richard Armitage continua sólido como Thorin e Ian McKellen nos prova mais uma vez que é o Gandalf, roubando a cena sempre que aparece. O retorno de Orlando Bloom como Legolas é bem-vindo, já estava com saudades das cenas de ação em que o elfo querido prova o quão habilidoso é. Evangeline Lilly foi uma adição interessante, mas infelizmente teve sua participação comprometida por passar a maior parte do tempo envolvida numa desnecessária e clichê subtrama romântica.

No geral, O Hobbit 2 é um filme que supera seu antecessor (Uma Jornada Inesperada), mas que ainda está muito longe de atingir a qualidade épica que foi a trilogia O Senhor dos Anéis. Mesmo assim, como fã incondicional, já contos os dias para retornar ao universo criado por Tolkien no ano que vem.

Anúncios

5 comentários sobre “Eu vi: O Hobbit – A desolação de Smaug

  1. ROBERTA! ATÉ TU COM TEU XIISMO?! (É assim que se escreve?)
    Eu não entendo muito de cinema, então avalio filme bom por bonito e inteligente; adjetivos que The Hobbit tem, com certeza.
    Não senti enrolação, sabe. Achei todas as partes interessantes e o diálogo que faz com O Senhor dos Anéis é fantástico.
    SEI QUE SOU SUSPEITA PRA FALAR (E TU TAMBÉM SABE) MAS, PFV, AMEI O SHIP SOFRIDO. CERTEZA QUE ELES VÃO MORRER E VOU FICAR NO CHÃO. NÃO SERIA A PRIMEIRA VEZ.
    Ainda assim, achei muito legal esse clima de romance.
    Os atores… JHDSAGDHADHASLDJAHDA ANÕES, HOBBIT ❤
    E o dragão?! Pfv, que incrível!
    Enfim, achei um filme 5 estrelas!
    Gostei da tua perspectiva sobre ele, mas sério que tu achou o filme 1 enrolado?
    Vamos conversar mais sobre isso.
    Não tenho muita propriedade, porque só li "O Hobbit". Pretendo ler a trilogia "O Senhor dos Anéis" ainda esse ano.
    Ótimo post, Roberta!

    Beijo!

    • Ainda não leu O Senhor dos Anéis Fernanda????? =O
      Mude isso já!! Pra ontem! ahahah!

      Adorei teu comentário. =)
      Mas, sim, achei o primeiro filme muito longo e com enrolação demais. Mesmo assim, gostei. Esse segundo achei mais sólido, mas mesmo assim longo demais. Se cortassem 40 minutos, não iria fazer falta nenhuma sabe? Como sou fã, não me importo muito com isso, mas percebo o problema mesmo asism eheheh.

      Sobre o ship: BLEH! AHAHAH

  2. Meu “Xiismo” (???) não é tão grande quanto o teu xDD li O Hobbit e, embora goste bastante da história (tanto dele quanto de O Senhor do Anéis), ainda tenho muito que aprender/ler pra me considerar uma fã de Tolkien.

    De fato, o roteiro (somando os dois filmes) estendeu a história original demaaaaaaaaaaaaaaais! Eu amei o primeiro filme e amei mais ainda o segundo por causa da ação e tals…

    Desde o começo eu me perguntei o que Legolas e Tauriel estavam fazendo nesse filme, não que eu não tenha gostado, mas a adição deles (principalmente da Tauriel e do “””ship”””” dela com o Kili LOL) fez parecer que a produção queria encher linguiça xDD

    Mas é como você falou, visitar a Terra Média é sempre bom então por isso eu amei, mesmo com o tanto de coisa que não tem no livro e a super extensão da história… eu amei! amei! ameeeeeei!

    A cena da fuga dos anões nos barris e todas as cenas com o Smaug foram as minhas favoritas! Aliás… Smaug com a voz do Benedict Cumberbatch, gente… isso é demais pro meu coração!!!!!!!!!! Quero uma action figure desse dragão! (cadê dinheiros??)

    “I am fire. I am Death”
    ESPERANDO ANSIOSA O PRÓXIMO FILME!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s