Hayao Miyazaki: Uma lenda da animação.

Hayao Miyazaki é um gênio da animação japonesa. Sua criatividade e inventividade visual, o jeito único de contar histórias e as personagens bem desenvolvidas marcaram a carreira de mais de 50 anos deste grande diretor. Suas obras têm reconhecimento internacional e já ganharam vários prêmios, incluindo o Oscar de melhor animação de 2003.

Seus filmes abordam temas como pacifismo e o meio ambiente, contam com protagonistas femininas fortes e, frequentemente, não apresentam vilões. O bem e o mal estão juntos, orbitando o mesmo ambiente sem cair em estereótipos de herói versus um antagonista claro. Isso é uma das características que mais me agrada em seus roteiros.

O primeiro contato que tive com as obras de Miyazaki foi com o espetacular A Viagem de Chihiro. Gostei tanto que vi duas vezes no cinema. Viajei junto com a garotinha Chihiro para aquele mundo fantástico e me encantei com a sensibilidade única do diretor, seus quadros primorosos, os detalhes mínimos que tornam cada cena uma aula de como fazer animação. Lembro que uma das cenas mais marcante para mim foi a viagem de trem que Chihiro faz com alguns companheiros. O visual, a trilha sonora, aqueles trilhos no meio de tanta água… A sensação de deslumbramento não pôde ser evitada.

Cada animação do japonês tem seus pontos fortes. Totoro é um lembrete que crianças devem ser crianças e imaginar, criar e brincar, apesar de todas as dificuldades. Nausicaä tem aquele discurso pró-meio ambiente que é recorrente nas histórias de Hayao e também serve de alerta para o que estamos fazendo com nosso mundo. Aqui vale falar um pouco sobre o mangá de Nausicaä. Desenhado pelo mestre, ele é tão bom quanto a animação, valendo pelos detalhes a mais que ganhamos. Princesa Mononoke, um dos meus favoritos, também aborda questões ecológicas, narrando uma batalha entre o mundo espiritual e os humanos que exploram a floresta para alimentar suas indústrias.

O filme mais recente de Miyazaki, e talvez seu último, foi The Wind Rises. Lançado em 20 de julho de 2013, é mencionado pela crítica como um dos filmes mais adultos do diretor e que aborda uma das paixões dele. Aviões. Nem preciso dizer que já estou louca para assistir.

Contando com um talento único para contar histórias que emocionam e também fazem o espectador refletir, Miyazaki é indispensável para os amantes de desenhos animados. Numa época em que as animações em 3D dominam o mercado, é bom saber que o 2D tradicional continua muito bem representado e encantador. Espero que as novas gerações, agora que o mestre anunciou sua aposentadoria, consigam continuar com este belo legado.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Hayao Miyazaki: Uma lenda da animação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s