Victorian Romance Emma: por que se apaixonar por este mangá?

Oi gente! Até que não demorei muito para voltar né? Espero continuar com a empolgação. =)

 Bom, hoje vou falar sobre um assunto que foi um dos motivos para eu criar este blog. Victorian Romance Emma. O mangá mais lindo do universo.  Vocês já devem estar de saco cheio de me ouvir falar dele, mas juro que é por uma boa causa. Não me conformo que pouquíssimas pessoas conheçam essa maravilha. Quero ver a galera surtando comigo, torcendo por Emma e William. Entrando em desespero! (Sim, sou dessas que surtam e querem que os outros surtem junto).

Imagem

Capa do primeiro volume

Vamos a um pequeno resumo da história. O mangá Emma é um romance histórico, escrito e desenhado por Kaoru Mori. Na Inglaterra vitoriana, a empregada Emma acaba se apaixonando por William, o filho mais velho de uma rica família inglesa. No entanto, as rígidas regras da sociedade impedem que o relacionamento entre os dois possa se concretizar.

Como vocês podem ver, o enredo é bem típico daqueles romances água com açúcar que estamos acostumados a ver por aí. Amor impossível? Ok! Protagonistas fofos? Ok! Dificuldades que separam a mocinha do mocinho? Ok! Mas não tenham medo, apesar de  abordar um tema batido, Emma é muito mais do que aparenta.

Imagem

S2

Confesso que não sou fã de romances, de amores inabaláveis e melosos. Acabei conhecendo Emma por acaso, graças ao anime (Sim, Emma tem um anime). A primeira coisa que me chamou a atenção foi o teor histórico da animação. Vi a abertura e fiquei bem interessada, pois o cenário da Inglaterra do final do século 19 parecia muito bem retratado. Acabei assistindo aos 12 episódios e fiquei apaixonada pela história. O anime é sensível e muito belo. A trilha sonora é  linda e ficou muito tempo na minha playlist. No entanto, o final me deixou revoltada.

O fim do anime não resolve os conflitos e, pior, deixa os protagonistas numa situação bem delicada. Eu não podia acreditar naquele final, mas acabei me resignando. T.T

Acontece que, algum tempo depois, descubro que Emma tem um mangá e que aquele final que vi no anime é apenas o começo da história. Não acreditei. Fiquei com cara de besta até me dar conta de que aquilo significava que teria mais William e Emma na minha vida. O que aconteceu depois? Li o manga inteiro sem parar, 10 volumes tankōbon. Eu virei noites para terminar, não conseguia parar, pois o que parecia impossível aconteceu. A história ficou ainda melhor.

Imagem

William e Emma 

Gente, Kaoru Mori tem toda a minha admiração. Além de ser uma desenhista fantástica (vocês podem ver a quantidade de detalhes em suas páginas e sua preocupação com a época que está retratando), ela também conseguiu contar uma história de amor tradicional de uma maneira sensível e encantadora. O romance entre William e Emma não é meloso. As situações deixam o leitor desesperado e, apesar de serem previsíveis certas vezes, nunca são forçadas.

Outra coisa bem legal do mangá é a qualidade dos personagens secundários. Desde o príncipe indiano Hakim, com suas extravagancias, até o casal alemão que emprega Emma em sua mansão, todos são interessantes. Ao final de Emma, Kaoru criou uma série curta chamada Emma Further Tales, que fala um pouco mais sobre a história desses coadjuvantes tão cativantes. (Ps: Mas é claro que Emma e William também fazem aparições nesta série.)

Imagem

Hakim

 

Sobre o anime, depois também fiquei sabendo da existência de uma segunda temporada. Claro que fui ver toda empolgada. Infelizmente, a segunda temporada é terrível, pois muda toda a história criada por Kaoru. Não sei que diabos o povo do anime estava pensando, mas não se mexe em algo que já é perfeito. Se ficaram interessados, vejam somente a primeira temporada que é bem fiel ao mangá. =)

Bom, depois de tudo o que eu falei, espero que vocês tenham ficado pelo menos um pouco curiosos por Emma. Garanto que, se gostam de romances, não vão se arrepender. =)

Imagem

Momento de surtar! *_*

Infelizmente, o mangá não saiu no Brasil. (Alguma editora, pelo amor de Deus, acorda para a vida!). Então, a solução é procurar em fansubs ou importar a versão em inglês. De qualquer maneira, é uma história linda que merece ser lida e conhecida.  S2 S2 S2

 

 

Anúncios

13 comentários sobre “Victorian Romance Emma: por que se apaixonar por este mangá?

  1. Roberta e sua mania ~insistente~ em me indicar bons livros u.u

    Vou procurar correndo 🙂 Também não sou grande apaixonada por romances melosos [não parece ser o caso], mas adoro históricos.

    Adorei o espaço novo.

    Bjos

  2. ROBERTAAAAAAAAAAAAAAAAA
    AI é tão raro te ver surtando por um romance kekekeke

    então, eu já comecei a ler Emma e tenho que dizer que estou APAIXONADA PELO HAKIM (eu e minha mania de gamar em personagens secundários). Tá… posso estar exagerando pq ainda estou no primeiro volume e tals… mas cara… super fui com a cara do Hakim desde a entrada triunfal dele!

    E a Emma então??eita moça requisitada! parece eu (SÓ QUE NÃO) EEEEEEEEEEE
    AI ROBERTAAAAAAAAAAAAAAAA
    Tu começaste a onda agora aguenta! Conforme eu for avançando no mangá, virei aqui te perturbar ❤

  3. Assisti o anime e adorei só que na segunda temporada senti que ficou faltando algo, e acabei descobrindo que alem do anime existe um mangá que é bem mais completo, só que só achei em inglês. Gostaria de saber se algum grupo/fãn traduziu o mangá para português.
    Se existi por favor me manda o endereço pelo e-mail: vivi_santos2013@outlook.com

    Valeu!

  4. Tem final feliz? Pelo amor de Deus… não suporto histórias onde não se tem um final feliz… achei o anime e tô louca pra ver…mas tô com medo de ter um final muito triste…. :/

  5. Fico feliz em emcontrar tantos bons comentários sobre esse mangá. Ja eu o li todo e realmente é muito bom, fiquei perplexo com o cuidado em tentar retrarar a sociedade vitoriana de uma forma mais precisa possível. Otimo romance, tambem recomendo e muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s